Direito, Cultura e Arte

Caros leitores venho vos apresentar

Direito, Cultura e Arte,

Como um assunto popular

De extrema importância em nossas vidas

Que ninguém pode calcular

E é através desse cordel que esses temas vou abordar.

 

Tais elementos tão presentes em nosso dia-a-dia

Fazem-nos refletir o que cada um seria

O Direito busca justiça, paz e harmonia

Remetendo a Cultura com toda a sua diversidade

Expressando seus legados na forma de Arte

Tendo o ser Humano como sua unidade.

 

O Direito encontra em sua definição

Um problema de difícil solução

Pois apesar dele termos uma noção

Encontramos no seu conceito uma barreira

Que dificulta a compreensão

O que é o Direito, eis a questão?

 

O Direito assume diversas definições

Dependendo do contexto empregado

Podendo ser sinônimo de justiça

Ou de um ideal a ser alcançado

Mas é na norma posta que encontra

Um preceito a não ser violado.

 

Nesse contexto, Kelsen vem com sua teoria

Em que a norma exerce um poder

Que se violado gera uma sanção

Resultado de um dever-ser

Além de separar o Direito da Moral

De forma que torne o Direito puro, esse é seu ideal.

 

Todos querem seus direitos

A fim de pela justiça buscar

Como diria Ihering

Que o Direito vale a pela se lutar

Pois se nossos direitos forem violados

Temos por obrigação uma ação colocar.

 

Depois de ter feito do Direito essa apresentação

É a vez de fazer da Cultura uma exposição

Cada povo tem sua crença, costume e religião

Que às vezes geram conflitos entre países

Resultado da divergência de opinião

Muitas guerras acontecem devido a essa questão.

 

No Brasil temos uma riqueza cultural

Resultado do processo colonial

Em que negro, índio e branco

Entrosaram seus costumes no seio nacional

Tornando nosso país

De uma variedade sem igual.

 

Da Arte agora vou falar

E das formas como esta pode se expressar

Seja por pintura ou literatura

Ou ainda através de música ou escultura

A Arte é a forma que o homem encontrou

Para representar tudo o que sempre sonhou.

 

A Arte foi se tornando

Produto do mundo capitalista

Em que visando ganhar dinheiro, o artista

Torna sua obra de Arte

Para um fim consumista

Além de servir de propaganda para capa de revista.

 

Após de ter tratado dos temas em pauta de forma individual

Chegou a vez de menciona-los de modo que possam se relacionar

Uma vez que dentro do contexto social

Estão atrelados visivelmente de forma tal

Que se fôssemos separá-los seria

Como se tirasse de um sistema um órgão fundamental.

 

O Direito é um exemplo cultural

Herdado pelos romanos

Sendo o Direito Romano base do Ocidental

Direito é Cultura, sendo importante refletir

Que codificação como a Lei das Doze Tábuas

Foi de extrema importância para o Direito se difundir.

 

O Direito ao mesmo tempo que é Cultura

Torna-se também uma Arte expressiva

Em seus códigos, leis e vigência ativa

Aplicar o Direito é como pintar um quadro de decoração

Cada pessoa retrata de modo diferente o mesmo desenho

Assim como cada caso, no Direito admite diferente resolução.

 

Cultura e Arte dispõem de uma intrínseca ligação

Pois os costumes dos povos

A partir da Arte adquirem uma representação

Tornando assim a identidade

Que mantém viva uma tradição

Encontrada na realidade de cada nação.

 

Leitores agora tenho que finalizar

Pois se me estender mais um pouco

Ainda haverá muito do que tratar

Embora Direito, Cultura e Arte

Nos aparente nenhuma relação encontrar

Eles estão unidos pelo homem: um ser espetacular.

 

Autora: Amanda Guedes Mamede (E-mail: amandaguedesmamede@gmail.com)

Deixe uma resposta

*